Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE ESTUDANTES DE MEDICINA DE UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO DE BELÉM-PARÁ SOBRE O FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA

Fundamentação/Introdução

Fundamentação/Introdução
A grande maioria dos acadêmicos de Medicina, das diversas faculdades do Brasil, que estão entre o primeiro e terceiro ano de curso, ainda não dominam o funcionamento e estrutura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, dado ao fato de que as instituições de ensino não abordam de uma maneira eficaz tais assuntos. A falta de conhecimento dos acadêmicos de medicina se torna preocupante ao passo que, ao deixarem de ser multiplicadores de conhecimento para somar-se aos inúmeros leigos em urgência e emergência, contribuem para as inúmeras falhas nesse tipo de atendimento, como o atendimento inicial deficiente, atraso no acionamento dos serviços de emergência médica ou solicitação desnecessária do socorro especializado e contribuir para um desfecho clínico desfavorável de vítimas.

Objetivos

Objetivos: Avaliar o conhecimento dos estudantes de Medicina de uma Instituição de Ensino de Belém-Pará, matriculados entre o 1º e o 5º semestre, sobre o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, no ano de 2016; Descrever o conhecimento dos alunos a respeito do tema proposto.

Delineamento/Métodos

Delineamentos/métodos: Trata-se de um estudo observacional transversal, de caráter descritivo e analítico, sem financiamento externo, que descreverá e caracterizará o conhecimento dos alunos a respeito de diversos aspectos relacionados ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e seu funcionamento, por meio da aplicação de um questionário semi-estruturado e auto respondido.

Resultados

Resultados: A comparação entre as turmas, destaca-se uma frequência maior de alunos do 2º período que não sabiam que, para acionar o SAMU, o número correto é 192 e a maior frequência de discentes do 5º período que dispunham desta informação. Em relação à equipe das unidades de suporte avançado (USA), a maioria dos alunos do 1º, 2º e 4º períodos não souberam identificar que esta equipe é formada por condutor socorrista, enfermeiro e médico. Quanto à composição das equipes das Unidades de Suporte Básico, apenas as turmas do 3º e 4º períodos apresentaram maior frequência de respondentes que não conheciam que estas Unidades são compostas por um condutor socorrista e um técnico ou auxiliar de enfermagem.

Conclusões/Considerações finais

Conclusões/Considerações finais: demonstrou-se que mesmo acadêmicos de Medicina, possíveis difusores de conhecimento, possuem algumas lacunas no conhecimento sobre o funcionamento do serviço médico de urgência pré-hospitalar. Esta falta de informação pode levar a um atraso no acionamento dos serviço.

Palavras Chaves

Urgência e emergência; acadêmicos de medicina; serviço de atendimento móvel de urgência

Área

Clínica Médica

Autores

Nayana Mota Carvalho, Nathália Jucá Azevedo Picanço, Ismari Perini Furlaneto

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017