Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Avaliação prospectiva da acurácia de um teste rápido para diagnóstico de dengue em uma região endêmica para dengue, zika e chikungunya.

Fundamentação/Introdução

Os sintomas da dengue são inespecíficos e se confundem com os de outras doenças febris agudas, inclusive com o de outras arboviroses. A incorporação de testes rápidos (TR) para o diagnóstico da dengue na rotina do SUS pode auxiliar na identificação precoce da doença.

Objetivos

Avaliar a acurácia de um TR para dengue em uma região em que há transmissão simultânea dos vírus da dengue, Zika e chikungunya.

Delineamento/Métodos

Um estudo prospectivo de avaliação da acurácia de um TR (SD Dengue Duo RDT - Standard Diagnostics, Kyonggi-do, Korea) desenvolvido para detectar o antígeno NS1 e anticorpos IgM e IgG contra dengue foi realizado em Salvador, entre 06/2015-08/2016. Durante o período de estudo, pacientes assistidos por uma doença febril aguda em uma unidade de emergência tiveram amostras de sangue coletadas e testadas por RT-PCR e ELISAs IgM e NS1 para dengue (testes de referência) e pelo TR sob avaliação. Amostras de sangue de fase convalescente também foram coletadas e testadas por ELISA IgM para dengue (teste de referência). Com base nos resultados dos testes de referência, foram calculadas a sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivo (VPP) e negativo (VPN) do TR para detecção do antígeno NS1 ou de anticorpos IgM contra dengue. Diagnóstico diferencial de Zika (RT-PCR) e de chikungunya (RT-PCR e ELISA IgM) foi realizado.

Resultados

Foram incluídos 613 pacientes no estudo, dos quais, com base nos testes de referência, 125 (20,4%) tiveram o diagnóstico de dengue confirmado. O TR apresentou sensibilidade de 17,6%, especificidade de 89,5%, VPP de 30,4% e VPN de 80,6%. Dentre os pacientes com o diagnóstico confirmado de dengue pelos testes de referência, 66 apresentaram co-infecção com chikungunya e a sensibilidade do TR para esse subgrupo foi de 19,7%. Dentre os pacientes com o diagnóstico de dengue afastado, 89 foram confirmados para chikungunya e a especificidade do TR para esse subgrupo foi de 88,8%.Nenhum paciente foi diagnosticado com Zika.

Conclusões/Considerações finais

O teste rápido para dengue apresentou baixa sensibilidade e o seu uso não contribui para diferenciar a dengue de outras doenças febris agudas.

Palavras Chaves

Dengue
Diagnóstico
Avaliação

Área

Clínica Médica

Instituições

Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia - Bahia - Brasil, Instituto Gonçalo Moniz - FIOCRUZ - Bahia - Brasil

Autores

Thaiza Soares Ferreira Gonçalves, Mariana Kikuti, Monaise Madalena Oliveira Silva, Mitemayer Galvão Reis, Guilherme Sousa Ribeiro

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017