Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Identificação da importância dos Cuidados Paliativos no Serviço de Emergência da Santa Casa de São Paulo

Fundamentação/Introdução

O Cuidado Paliativo é uma abordagem que promove qualidade de vida a pacientes e seus familiares, que enfrentam doenças que ameacem a continuidade da vida, através da prevenção e alívio do sofrimento. Prima pela promoção do alívio da dor e outros sintomas desagradáveis, integrando os aspectos físicos, psicossociais e espirituais no cuidado ao paciente, oferecendo um sistema de suporte que melhore a qualidade de vida e influencie positivamente o curso da doença. Deve ser realizado de forma interdisciplinar, com abordagem multiprofissional, e estar presente em todos os níveis de atenção à saúde, inclusive nos Serviços de Emergência.

Objetivos

Determinar a prevalência de pacientes com indicação de Cuidados Paliativos no Serviço de Emergência em Clínica Médica de hospital terciário de São Paulo, bem como a presença de sintomas mal controlados a serem paliados.

Delineamento/Métodos

Estudo observacional, transversal, descritivo. Coleta de dados biográficos, antecedentes patológicos e motivo da internação dos pacientes internados pela Clínica Médica no Serviço de Emergência, de 20 a 24 de março de 2017, calculados Escala de Performance de Karnofsky (KPS) e Paliativa (PPS), pré-internação e intra-hospitalar, além de critérios de terminalidade da doença de base, e aplicado a Escala de Avaliação de Sintomas de Edmonton (ESAS) para avaliar prevalência de sintomas desconfortáveis nos pacientes.

Resultados

Dentre 61 pacientes avaliados, 40 masculino e 21 feminino, entre 21 e 94 anos, 41 (67%) fecharam critérios para indicação de cuidados paliativos; 21 (34,4%) apresentaram sintomas para paliar, sendo o cansaço a principal queixa, 20%, seguida de dor, 17%. Não foi possível a avaliação de sintomas em 9 pacientes devido à sedação ou alteração de nível de consciência.

Conclusões/Considerações finais

Por ser uma das principais portas de entrada do Sistema Único de Saúde, Serviços de Emergência recebem muitos pacientes com indicação de Cuidados Paliativos. Identificá-los através de escalas de performance e critérios de terminalidade de doenças é importante para que recebam tratamento adequado, limitando a introdução de medidas invasivas desnecessárias e definindo sintomas que devem ser paliados, proporcionando uma prática médica humanizada e racionalizando custos em Saúde Pública.

Palavras Chaves

Cuidados Paliativos
Urgência e Emergência
Clínica Médica

Área

Clínica Médica

Instituições

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo - Sao Paulo - Brasil

Autores

Rodrigo Mendonça Paulino, Sandra Regina Schwarzwalder Sprovieri, Arthur Pereira Naves, Mayra Duarte Caseiro, André Francisco Laffranchi Chaves dos Santos

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017