Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Aneurisma Aórtico Abdominal culminando em Pancreatite Aguda: Relato de caso.

Fundamentação/Introdução

O aneurisma Aórtico Abdominal (AAA) é definido como uma dilatação focal e permanente da artéria com um aumento do diâmetro do segmento comprometido de pelo menos três centímetros, em sua grande maioria das vezes assintomática e de achado esporádico, entretanto quando a mesma apresenta sintomas pode simular uma pancreatite. A pancreatite doença inflamatória no pâncreas, decorrente da ação de enzimas inadequadamente ativadas, podendo ser aguda ou crônica.

Objetivos

Descrever um relato de caso de AAA culminando em pancreatite aguda.

Delineamento/Métodos

Estudo observacional descritivo de um relato de caso.

Resultados

TLOP, 61 anos, Masculino. Procurou Unidade de Pronto atendimento com fortes dores abdominais com aproximadamente 15 dias de duração, encaminhado para este unidade hospitalar para realização de TC de abdome e pelve. Ao exame físico: paciente acordado, LOTE, mobilizando os membros sem déficit, ACV: RCV 2T, BNF. ABD: Globoso, flácido, sem visceromegalias e dor de baixa intensidade a palpação, peristalse presente. Historia Pregressa: Hipertenso, tabagista, etilista, nega alergias. Aos exames complementares: TC de abdômen e pelve evidenciou borramento de corpo e calda de pâncreas, assim como uma dilatação da aorta abdominal com trombo mural medindo 9,3 cm, Leuco 16.600/mm³, Lípase 362,9 U/L, amilase 117 U/L. Eco cardiograma revelando uma dupla lesão valvar aórtica com predomínio de estenose aórtica grave e IAO moderada com função sistólica do VE preservada. USG abdominal evidenciou um Esteatose Hepática. Iniciado tratamento para pancreatite a qual não obteve resposta. Durante o período de internação os exames de rotina da Lipase demonstraram índice mínimo de 129,2 U/L e Máximo de 857,1 U/L, enquanto a Amilase variou com a mínima de 67 U/L e máxima de 118,5 U/L. encaminhado para equipe da vascular em objetivando o tratamento de AAA, com posterior resposta ao tratamento da injuria pancreática.

Conclusões/Considerações finais

Observa-se um paciente com múltiplas patologias e fatores de risco para o surgimento de uma AAA, assim como a pancreatite. Durante os estudos observou-se a formação de um quadro da pancreatite aguda, tinha como principal hipótese a AAA concomitante, desencadeando assim os sintomas e a internação do paciente.

Palavras Chaves

Pancreatite, Aneurisma Aórtico, diagnostico.

Área

Clínica Médica

Instituições

Autores

MAVIEL SOUSA PEREIRA, FRANCIANE APARECIDA MARQUES SANTOS, ROBERTO ANTONIO GUIMARAES, GERSANA TATAGIBA RODRIGUES ZAMBROTTI, EMANUELA OLIVEIRA GALLO


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017