Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ANÁLISE MULTIVARIADA DOS TRABALHADORES DE TURNO ALTERNANTE: ASSOCIAÇÃO ENTRE APNEIA OBSTRUTIVA DO SONO, DADOS ANTROPOMÉTRICOS E FUNÇÃO COGNITIVA

Fundamentação/Introdução

Introdução/Fundamentação: De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 40% da população mundial é acometida por algum dos 90 tipos de distúrbios do sono. Dentre essas doenças, segundo a CID-10, a mais prevalente é a apneia obstrutiva do sono(AOS). A AOS é um trastorno que leva a apneias reincidentes durante o período de sono e deve-se à obstrução da via aérea superior. Como essa doença é forte preditora de prejuízos na qualidade do sono do indivíduo portador, ela tem forte influência sobre a cognição. Geralmente, a AOS acomete mais os homens tabagistas e etilistas, portanto, também tem risco cardiovascular associado.

Objetivos

Objetivos: Verificar a relação entre a AOS, a qualidade de sono, dados antropométricos e as funções cognitivas de trabalhadores de turno alternante da região dos Inconfidentes, Minas Gerais.

Delineamento/Métodos

Delineamentos/Métodos: Foi realizado um estudo transversal no qual, em um universo de 912 trabalhadores, foram selecionados 146 indivíduos que apresentaram no mínimo três fatores de risco para doenças cardiovasculares. Desta amostra, foram obtidos dados antropométricos, sociodemográficos e clínicos da AOS. Além disso, realizou-se exame de polissonografia, mini exame do estado mental (MEEM), teste do relógio e teste de fluência verbal.

Resultados

Resultados: Os indivíduos apresentaram mediana de idade igual a 37 anos. A prevalência de AOS foi de 84,7% e a de alterações cognitivas foi de 75%. Houve associação significativa entre AOS e alterações cognitivas, verificadas através de testes de funções cognitivas que tiveram resultados abaixo do esperado, e alterações antropométricas, tais como aumento da circunferência da cintura, do índice de massa corporal, da circunferência do quadril, da relação cintura/quadril, porcentagem de gordura corporal e alterações no teste do relógio com p significativo (<0.05).

Conclusões/Considerações finais

Conclusões/Considerações finais: Os índices antropométricos e de composição corporal apresentaram maiores medianas naqueles com AOS e com alterações cognitivas. Assim, sugere-se que a AOS deteriora as funções cognitivas e impacta na condição física do indivíduo de formas notáveis.

Palavras Chaves

Área

Clínica Médica

Instituições

UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil

Autores

Polyana Almeida Barbosa, Hallan Reis Trindade, Arthur Vieira Piau, Fernando Luiz Pereira Oliveira, Fausto Aloisio Pedrosa Pimenta


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017