Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Análise da incidência de artrose em mulheres em idade menopausal nas regiões brasileiras de 2012 a 2016.

Fundamentação/Introdução

A artrose é uma doença crônica e multifatorial que acomete a articulação, envolvendo cartilagem, ligamentos, sinóvia e osso, de caráter universal, instalação insidiosa, com evolução lenta, sem acometimento sistêmico, associado ao aumento da idade e leva à incapacidade funcional. Incide, principalmente, em mulheres em idade menopausal (4ª e 5ª década de vida), estando associado à deficiência de estrógeno e suas repercussões, como diminuição do recrutamento de osteoclasto e seus precursores e produção de citocinas pro-inflamatórias, como IL-6.

Objetivos

Analisar a incidência de artrose em mulheres em idade menopausal nas regiões brasileiras no período de 2012 a 2016.

Delineamento/Métodos

Pesquisa e análise do banco de dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) acerca da variável artrose (CID M19) no período de 2012 a 2016.

Resultados

Entre 2012-2016 foram notificados 13.077 internações por artrose em mulheres em idade menopausal, quando 2.180 ocorreram no ano 2012, 2.557 em 2013, 2.686 em 2014, 2.792 em 2015 e 2.862 em 2016. A região Sudeste (SE) se destaca possuindo 54,84% do número dessas internações nesse período de 2012 a 2016, com um total de 1.983 internações na faixa etária de 40 a 49 anos e de 5.313 na faixa dos 50 a 59 anos. Nas outras regiões, o número reduz em, aproximadamente, 50%, onde a taxa de internações na faixa de 40 a 49 anos é de 94 no Norte(N), 370 no Nordeste (NE), 955 no Sul (S) e 214 no Centro-Oeste (CO); já na faixa de 50 a 59 anos o total de internações se elevam em todas as regiões, sendo182 no N, 684 no NE, 2827 no S e 455 no CO. A mortalidade por artrose em mulheres na menopausa é considerado pouco significativo, tendo o valor por região zero no N; 0,28 no NE; 0,4 SE; 0,11 S e 0,15 CE.

Conclusões/Considerações finais

A partir dos dados apresentados foi observado que, ao longo dos anos, o índice de internações por artrose em mulheres na menopausa no território brasileiro se mostrou com um ligeiro aumento. As regiões de maiores incidências foram o Sudeste e Sul, seguidas pelo Nordeste, Centro Oeste e Sul. Visto isso, podemos inferir que ações objetivando a prevenção e o tratamento em mulheres na menopausa deve ser abordada de uma forma mais completa, especificamente, na região Sudeste que detém mais da metade dos casos de internações ao longo desses 5 anos.

Palavras Chaves

Artropatias, Menopausa, Epidemiologia

Área

Clínica Médica

Instituições

Faculdade de Medicina Nova Esperança - Paraiba - Brasil, Universidade Federal de Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil, Universidade Federal do Ceara - Ceara - Brasil

Autores

Camylla Santos de Souza, Lívia Liberata Barbosa Bandeira, Valéria Andrade Calado, Rômulo Nascimento Mundin, Dr. João David de Sousa Neto


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017