Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DEFICIÊNCIA ANDROGÊNICA TARDIA EM HOMENS: A REPOSIÇÃO DE TESTOSTERONA TEM VALOR TERAPÊUTICO?

Fundamentação/Introdução

A andropausa se baseia na redução gradativa e fisiológica de 1% ao ano dos níveis de testosterona, produzidos no homem a partir dos 40 anos. O mecanismo pelo qual ocorre essa deficiência ainda não é conhecido, sendo assim também não foi determinado o motivo pelo qual alguns homens apresentam o hipogonadismo sintomático e outros não. Com um grau de incidência de 9% em homens com 50 anos e 91% em homens com 80 anos.

Objetivos

Objetiva trazer para debate médico os questionamentos e novas informações sobre um tema com alta epidemiologia.

Delineamento/Métodos

Revisão integrativa, com os descritores em saúde hipogonadismo, andropausa e idoso nas bases de dados Scielo, DynaMed e PubMed.

Resultados

Foram selecionados os 8 estudos, publicados em periódicos nacionais e internacionais. Qual a melhor forma de realizar a uma terapia de reposição, relativamente segura, com os sintomas adversos se revertendo após a cessão do tratamento? A presença de informações concretas e validadas pela comunidade científica difere da realidade presenciada hoje, fazendo necessário o debate sobre o tema voltado para o idoso e o seu bem estar. foram elaborados quatro tópicos: 1. Como realizar o diagnóstico para o hipogonadismo masculino tardio? 2. Quais pacientes são indicados ou não para o tratamento? 3. Qual o método mais eficaz? 4. O benefícios e malefícios da reposição?. O resultado dessas perguntas levam a divulgação do conhecimento sobre o tema e a definição do perfil de pacientes que tem a indicação formal de adotar a terapia de reposição.Com a queda dos níveis de testosterona, o sintomas começam inicialmente com a perda do libido e vitalidade, seguindo com: fadiga, mudanças de humor, insônia, anemia, ejaculação tardia, disfunção erétil, atrofia muscular, atrofia testicular, fraqueza osteoporose, perda de pelos. Para melhoria desses sintomas a indicação é o uso do gel tópico que é o método transdermático favorável e relativamente seguro, porem há efeitos adversos que podem desencadear acne, ginecomastia, edema que são revertidos após a cessão do tratamento.

Conclusões/Considerações finais

Portanto, faz necessário a divulgação de informações concretas e validadas sobre a andropausa, com intuito de garantir o diagnostico precoce e avaliação dos riscos e métodos de reposição de testosterona que ajudem a reduzir os sintomas, garantindo a saúde e o bem estar.

Palavras Chaves

Andropausa, Testoterona, Terapia de Reposição.

Área

Clínica Médica

Instituições

Faculdade de Medicina Nova Esperança - Paraiba - Brasil

Autores

DEODATO ROLIM CARTAXO, IRLA DANTAS ANDRADE, SHEYLA HEIM AUGUSTO DE QUEIROZ CAMBOIM, VINICIUS BEZERRA NOBRE, Matheus Wanderley Medeiros

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017