Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

GLIOBLASTOMA MULTIFORME: O IMPACTO DE UM DIAGNÓSTICO

Fundamentação/Introdução

O glioblastoma multiforme (GBM) é o tumor glial mais agressivo, constitui cerca de 12-15% dos tumores intracranianos em adultos. A partir do diagnóstico a sobrevida média é de três meses e com tratamento pode chegar de um a dois anos, o que torna difícil a aceitação e gera grande impacto emocional para as famílias. Conjectura-se então realizar cuidado paliativo, objetivando a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, por meio da prevenção e alívio do sofrimento, atuando nos âmbitos físicos, sociais, psicológicos e espirituais.

Objetivos

Relatar o aspecto físico e emocional de um paciente mediante a uma doença de prognóstico reservado em cuidado paliativo.

Delineamento/Métodos

Revisão de prontuário e anamnese.

Resultados

E.F.C, 52 anos, casada e com filho de 9 anos. Esposo da paciente relata que há 63 dias a mesma apresentou dislalia e afasia súbitas, dois dias depois, hemiplegia à direita. Foi internada em Brasília e realizada tomografia computadorizada de crânio evidenciando três tumores cerebrais. Feita exérese do tumor maior na região temporal e anatomopatológico confirmou GBM. Foi encaminhada a Uberaba onde é assistida com sintomáticos, quimioterápico temozolomida e radioterapia paliativa. A paciente e sua família inicialmente reagiram com negação diante da descoberta da doença. Mesmo cientes da evolução do tumor, acreditavam que poderia haver cura e que toda essa “fase” iria acabar.

Conclusões/Considerações finais

Receber a notícia de doença com tal prognóstico torna-se algo devastador na vida do paciente e de seus familiares. Como se todas as esperanças, expectativas e sonhos fossem se exaurindo juntamente com cada procedimento médico a ser submetido. O cuidado paliativo dignifica a morte, tornando-a menos traumatizante, aliviando os sintomas que geram maior desconforto ao paciente. Todas as decisões devem ser tomadas de maneira ética, compartilhada com a família, que deve estar ciente de todas as opções e condições pertinentes ao tratamento.

Palavras Chaves

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade de Ubera - Minas Gerais - Brasil

Autores

Aline Evans Ferreira, Ana Thalissa Vilela Carvalho, Pollyana Rodrigues Margato, Thais Aparecida Teodoro, Danielle Cristina Franco Santos

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017