Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ASSOCIAÇÃO ENTRE O CONHECIMENTO PRÉVIO E A PROCEDÊNCIA COM AS VÍTIMAS DE ACIDENTES: UM ESTUDO DA PRESTAÇÃO DE PRIMEIROS SOCORROS POR UNIVERSITÁRIOS.

Fundamentação/Introdução

Em situações de emergência a avaliação da vítima e seu atendimento devem ser eficazes, permitindo a redução de sequelas e o aumento da sobrevida. A falta de conhecimento por parte da população, em muitos casos, acarreta inúmeros problemas, como o estado de pânico ao se deparar com o acidentado, a manipulação incorreta da vítima e a solicitação excessiva e, às vezes, desnecessária do socorro especializado em emergência.

Objetivos

Investigar a existência de associação entre ter treinamento prévio em primeiros socorros com a consciência de como proceder com as vítimas de um acidente em estudantes do ensino superior do município de Vassouras-RJ.

Delineamento/Métodos

Este é um estudo experimental analítico explicativo transversal com a participação de 70 acadêmicos com 24,9 ± 8,06 anos de idade do 1º ano dos cursos de Enfermagem e Pedagogia de uma universidade do município de Vassouras-RJ. Foi aplicado um questionário semi-estruturado de 12 questões de múltipla escolha referentes ao conhecimento sobre PS. Todos os alunos foram convidados a participar da pesquisa desde que concordassem voluntariamente e firmassem compromisso com a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Universidade Severino Sombra sob parecer número 1.804.039. Para investigar a existência de associação entre ter treinamento prévio em primeiros socorros com a consciência de como proceder com as vítimas de um acidente, utilizou-se o teste de qui-quadrado. O nível de confiança adotado foi de 95% e o valor de p considerado estatisticamente significante quando <0,05. O software InStat GraphPad foi usado para análise estatística (GraphPad InStat version 6.00, GraphPad Software, San Diego, CA, USA).

Resultados

Ao analisar se existia associação entre conhecimento frente a um acidente e preparo no atendimento, foi observado que 40 dos 70 graduandos (57,1%; p=0,0001) não apresentavam treinamento prévio e por isso não sabem como prestar socorro

Conclusões/Considerações finais

Percebe-se a importância da população universitária em ser esclarecida e treinada para atender vítimas em situações de emergência a fim de evitar a imobilidade do socorrista no momento de decidir como proceder.

Palavras Chaves

Primeiros socorros; universidade; conhecimento

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade Severino Sombra - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

Raimundo Marcial de Brito Neto, Mario Henrique Cheves Guedes, Jéssica Teles Sousa Gomes, Paula Pitta de Resende Côrtes, Marco Aurélio dos Santos Silva

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017