Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Ganho de peso interdialítico e fatores associados

Fundamentação/Introdução

Pacientes com doença renal crônica em estágio terminal são submetidos a transplante renal ou terapia de substituição renal, principalmente hemodiálise (HD). Estudos vem demonstrando que o ganho de peso interdialítico (GPI) afeta negativamente a saúde geral dessa população, principalmente aumentando o risco cardiovascular e diversos fatores podem estar relacionados com GPI, como pressão arterial (PA), índice de massa corporal (IMC), fatores comportamentais entre outros.

Objetivos

Este estudo objetivou verificar a relação entre GPI e variáveis fisiológicas como HDL, triglicerídeos, albumina e PA, nutricional como IMC e o tempo de tratamento hemodialítico (TTH) em pacientes com doença renal crônica em HD.

Delineamento/Métodos

Trata-se de um estudo observacional, do tipo transversal. Setenta pacientes em HD foram incluídos. Os dados foram coletados a partir dos prontuários médicos disponíveis no sistema de um Centro de Nefrologia do sul do país, digitados no programa Epidata 3.1 e analisados no pacote estatístico Stata 14.2. São apresentados como média (desvio padrão) e para verificar a correlação entre as variáveis foi utilizado coeficiente de correlação de Pearson, já que GPI apresentou distribuição normal, analisada a partir do teste Shapiro Wilk.

Resultados

Os pacientes apresentam uma média de idade de 52,6 anos (15,7), TTD de 4,05 anos (3,78), GPI de 2,47 kg (1,26), HDL de 40,54 mg/dL (12,94), albumina de 4,03 g/dL (0,37), triglicerídeos de 148,14 mg/dL (102,99), IMC de 26,23 (4,03) e PA de 149,40 (23,54) / 89,40 (17,31). As variáveis TTH (0,12), HDL (-0,05), albumina (-0,02), triglicerídeos (0,07), IMC (0,01), PA sistólica (0,37) PA diastólica (0,28) não apresentaram correlação com GPI.

Conclusões/Considerações finais

Contradizendo estudos prévios, este estudo não encontrou relação entre GPI e TTD, HDL, albumina, triglicerídeos, IMC e PA. Futuros estudos com número de participantes maior e incluindo outras variáveis são necessários para melhor conhecimento sobre as causas do GPI e suas consequências na saúde dos pacientes com doença renal crônica em HD.

Palavras Chaves

Ganho de peso interdialítico; variáveis fisiológicas; tempo de tratamento hemodialítico

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade Católica de Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

Eduarda Silva, Monica Celezinsky, Eduarda Gasperini, Mateus Mamann Vargas, Rodrigo Kohn Cardoso

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017