Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A parasitologia acessível para crianças de periferia de município tocantinense, uso da ludicidade para a promoção e prevenção em saúde: experiência de acadêmicos de medicina no norte do Tocantins

Fundamentação/Introdução

A participação dos estudantes de medicina em eventos de cunho-social é de extrema importância no processo de expansão do conhecimento. Afinal, a partir da interdisciplinaridade existente entre o conhecimento teórico aprendido dentro da sala de aula e a execução da prática no cotidiano médico, permite a obtenção de informações e benefícios sociais tanto para a sociedade, quanto para o aluno, visto que o humanismo, a relação médico-paciente, a observação dos diversos cenários de convivência do aluno e da sociedade em relação a cidadania e o conhecimento da realidade baseado no quadro de incidência de doenças infecto parasitárias no Estado do Tocantins.

Objetivos

Descrever ação de extensão no norte do Tocantins, sob o olhar do acadêmico de medicina e sua experiência.

Delineamento/Métodos

Relato de experiência pautado em um estudo descritivo, retrospectivo, de caráter observacional.

Resultados

O projeto de extensão foi realizado na casa de Eurípedes Barsanulfo em Colinas-TO. As apresentações sobre o tema proposto foram feitas por meio de cartazes com linguagem simples e lúdica, contendo o ciclo, os sintomas, meio de transmissão, prevenção e após o termino dos ensinamentos, as crianças escolhiam imagens antagônicas de fatores que causam a doença e seu método de prevenção, colocando essas imagens no lado certo ou errado de um papel madeira, para assim ver se o conhecimento foi absorvido corretamente pelos alunos. A apresentação das parasitoses foi planejada de um modo que o assunto fosse de melhor forma absorvido pelas crianças, para isso foi feito um material direto e de linguagem simples. Foram desenvolvidas ações de Educação em Saúde, sendo estas repassadas de forma lúdica e criativa, para que o peso do ensino-aprendizagem fosse aplicado de forma intrínseca, sem o peso da obrigação. A extensão abriu novos horizontes quanto à visualização da sociedade, não apenas passiva de um cuidado curativo, mas preventivo e de promoção do bem-estar, levando em consideração a realidade social das crianças envolvidas, sua cultura e suas necessidades básicas.

Conclusões/Considerações finais

A atividade permitiu aos acadêmicos do curso de Medicina a visualização de um enredo social diversificado, como uma abordagem diferenciada, quanto à prática do exercício de caridade e de busca pelo bem comum do próximo. Tal atividade ultrapassou os limites do conhecimento técnico científico, e ofereceu uma visão holística quanto aos pormenores que envolvem o bem-estar de uma comunidade.

Palavras Chaves

Relato de experiência. Parasitologia. Promoção e prevenção de saúde.

Área

Clínica Médica

Instituições

Autores

Thiago Pio da Silva, Arielly Carvalho Rosa, Meirilane Socorro Leocadio, Ricardo Consigliero Guerra, Josue Moura Telles


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017