Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EVOLUÇÃO CLÍNICA LABORATORIAL DOS PACIENTES COM FEBRE DA CHIKUNGUNYA – UMA PANDEMIA

Fundamentação/Introdução

O vírus chikungunya (CHIKV) é enzoótico, primitivamente encontrado em regiões tropicais e subtropicais da África, no sul e sudeste da Ásia e em ilhas do Oceano Índico. CHIKV produz uma síndrome febril de início súbito e debilitante, acompanhada de sintomas articulares. O espectro das manifestações reumáticas e musculoesqueléticas pós-Adicionar ao dicionário incluem persistência da dor, até artrite reumatoide, que se desenvolve em aproximadamente 5% dos pacientes.

Objetivos

O presente estudo trata-se de projeto de extensão com o acompanhamento de pacientes com o diagnostico confirmado de Chikungunya, iniciando-se com uma revisão literária para a elaboração de um protocolo terapêutico na abordagem das artralgias de longa duração e artrites decorrentes da infecção pelo Vírus Ckigungunya. Tendo em vista que no grupo das doenças infecciosas emergentes e reemergentes, os arbovírus transmitidos por mosquitos, como dengue (DENV) e chikungunya (CHIKV), são considerados importantes desafios para a saúde pública do Brasil.

Delineamento/Métodos

Projeto de extensão, no qual visa o acompanhamento clínico, radiológico e laboratorial de pacientes com o diagnóstico confirmado de febre da Chikungunya, com base na revisão de artigos científicos e guidelines de atualizações terapêuticas da Febre da Chikungunya. Dando ênfase aos estudos de relevância no meio acadêmico.

Resultados

Até o presente, dos enfermos com sorologia positiva acompanhados em nosso ambulatório, 37,7% evoluíram para cura, sem sequelas, 1,88% evoluíram para óbito, 7,4% abandonaram a pesquisa e 52,8% evoluíram com a forma crônica osteomuscular.

Conclusões/Considerações finais

Como se trata de um estudo continuo a conclusões a longo prazo ainda não devem ser tiradas, no entanto já pode-se concluir que a Chikungunya é doença de morbidade alta com prejuízo importante nas atividades diárias e laborais dos pacientes acometidos e que o acompanhamento contínuo tem diminuído as crises de e as complicações ao uso irregular de Anti-inflamatórios não hormonais e Anti-inflamatórios esteroidais.

Palavras Chaves

Paciente. Vírus. Diagnóstico. Morbidade.

Área

Clínica Médica

Instituições

Faculdades Integradas de Patos - Paraiba - Brasil

Autores

Ingrid Pinto Torres, Pedro Augusto Dias Timoteo, Filipe Diógenes Forte Melo

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017