Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ENCEFALOMIELITE DISSEMINADA AGUDA: RELATO DE CASO ATÍPICO

Fundamentação/Introdução

INTRODUÇÃO:A ENCEFALOMIELITE DISSEMINADA AGUDA (ADEM) É UMA DESORDEM DESMIELINIZANTE MONOFÁSICA INFLAMATÓRIA RARA. A ENCEFALOPATIA E OS DÉFICITS NEUROLÓGICOS FOCAIS GERALMENTE SE MANIFESTAM COM DECLÍNIO NEUROLÓGICO RAPIDAMENTE PROGRESSIVO E PRECEDIDO POR INFECÇÃO OU IMUNIZAÇÃO.

Objetivos

OBJETIVOS: RELATAR UM CASO DE ADEM EM PACIENTE ADULTO JOVEM COM QUADRO CLÍNICO ATÍPICO.

Delineamento/Métodos

DESCRIÇÃO DO CASO: PACIENTE HOMEM, 18 ANOS, PREVIAMENTE HÍGIDO, COM QUADRO INICIADO HÁ 02 DIAS DE LOMBALGIA ASSOCIADO A PARAPARESIA PROGRESSIVA EM MEMBROS INFERIORES (MMII), ASSOCIADO A FEBRE, TAQUICARDIA E RETENÇÃO URINÁRIA. SEM HISTÓRIA VACINAL OU INFECCIOSA PREVIA RECENTE. AO EXAME APRESENTAVA FORÇA MUSCULAR GRAU I MEMBRO INFERIOR DIREITO E III NO ESQUERDO, HIPOESTESIA TÁTIL E DOLOROSA MMII, REFLEXOS PROFUNDOS PRESERVADOS. GLASGOW 15, PARES CRANIANOS SEM ALTERAÇÕES, SEM SINAIS MENÍNGEOS. EVOLUIU COM PIORA DA FORÇA MMII NO DIA SEGUINTE.

Resultados

REALIZADO RESSONÂNCIA MAGNÉTICA (RM) DE COLUNA TOTAL COM EXTENSA LESÃO DE HIPERSINAL EM T2 NO INTERIOR NA MEDULA ESPINAL, ACOMETIMENTO PREDOMINANTEMENTE CENTRAL, ENVOLVENDO TODO O SEGMENTO CERVICAL, COM EDEMA ESTENDENDO-SE ATÉ O SEGMENTO DORSAL, COMPATÍVEL COM PATOLOGIA DESMIELINIZANTE. RM DE CRÂNIO EVIDENCIOU FOCOS DE ALTERAÇÃO DE SINAL NA SUBSTÂNCIA BRANCA DE AMBOS OS HEMISFÉRIOS CEREBRAIS, TÁLAMOS, REGIÃO POSTERIOR DA PONTE E PEDÚNCULO CEREBRAL MÉDIO DIREITO, COMPATÍVEL COM ADEM. ESTUDO LABORATORIAL E IMUNOLÓGICO NÃO DEMONSTROU ALTERAÇÕES INICIAIS. PUNÇÃO LOMBAR APRESENTOU LCR COM HEMÁCIAS 300/MM³, LEUCOCITOS 496/MM³, 95% LINFÓCITOS, PROTEÍNAS E GLICOSE NORMAIS, REAÇÃO PANDY E NONNE POSITIVAS, CULTURA E GRAM NEGATIVOS. APÓS RESULTADO FOI INICIADO PULSOTERAPIA COM DEXAMETASONA POR 5 DIAS. PACIENTE EVOLUIU COM ESTABILIDADE HEMODINÂMICA, AMPLA MELHORA DA RETENÇÃO URINÁRIA E RECUPERAÇÃO SIGNIFICATIVA DA PARAPARESIA E SENSIBILIDADE EM MMII.

Conclusões/Considerações finais

CONSIDERAÇÕES FINAIS: NESTE CASO É POSSÍVEL OBSERVAR A EVOLUÇÃO CLÍNICA FAVORÁVEL EM UM PACIENTE COM DIAGNÓSTICO DE ADEM COM QUADRO CLÍNICO ATÍPICO APÓS TRATAMENTO COM CORTICOTERAPIA CONFORME SUGERIDO EM ESTUDOS. ENTRETANTO, APESAR DO PROGRESSO NA DEFINIÇÃO DESTA PATOLOGIA, AINDA NÃO HÁ O ESTABELECIMENTO DE CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS DEFINIDOS, NECESSITANDO DE ESTUDOS FUTUROS SOBRE A DOENÇA.

Palavras Chaves

ENCEFALOMIELITE DISSEMINADA AGUDA; PARAPARESIA.

Área

Clínica Médica

Autores

LENITA VIEIRA BRAGA, PAULO CÉZAR VAZ DE ALMEIDA FILHO, LARISSA CAMELO ABRAHAO DE ALMEIDA, JESSICA SABRINA BEZERRA MENICHELE, PAULO HENRIQUE RODRIGUES

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017