Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A ASSOCIAÇÃO ENTRE CONHECIMENTO E A FALTA DE SEGURANÇA NO ATENDIMENTO DE VÍTIMAS DE PRIMEIROS SOCORROS: UMA ANÁLISE COM ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR

Fundamentação/Introdução

Os Primeiros Socorros ocorrem por meio da aplicação de técnicas básicas, tendo por finalidade manter as funções vitais da vítima e, geralmente, são prestados ainda no local da ocorrência. No entanto, embora qualquer pessoa possa contribuir, mesmo sem possuir conhecimentos técnicos de PS, questiona-se a segurança das pessoas para determinada causalidade.

Objetivos

Investigar se existia associação entre conhecimento frente a um acidente e o motivo da insegurança no atendimento em estudantes do ensino superior do município de Vassouras-RJ.

Delineamento/Métodos

Este é um estudo experimental analítico explicativo transversal com a participação de 70 acadêmicos com 24,9 ± 8,06 anos de idade do 1º ano dos cursos de Enfermagem e Pedagogia de uma universidade do município de Vassouras-RJ. Foi aplicado um questionário semi-estruturado de 12 questões de múltipla escolha referentes ao conhecimento sobre PS. Todos os alunos foram convidados a participar da pesquisa desde que concordassem voluntariamente e firmassem compromisso com a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Universidade Severino Sombra sob parecer número 1.804.039. Para investigar a existência de associação entre o conhecimento frente a um acidente e o motivo da insegurança no atendimento, utilizou-se o teste de qui-quadrado. O nível de confiança adotado foi de 95% e o valor de p considerado estatisticamente significante quando <0,05. O software InStat GraphPad foi usado para análise estatística (GraphPad InStat version 6.00, GraphPad Software, San Diego, CA, USA).

Resultados

Ao investigar se existia associação entre o conhecimento frente a um acidente e o motivo da insegurança no atendimento, foi observado que 46 dos 70 graduandos (65,7%; p=0,0002) não sabem como prestar socorro, pois não se sentem preparados.

Conclusões/Considerações finais

Através do exposto, percebe-se que os estudantes podem deixar de socorrer uma vítima em situação de emergência devido à falta de preparo técnico e emocional.

Palavras Chaves

Primeiros Socorros; Conhecimento; questionário

Área

Clínica Médica

Instituições

Autores

Raimundo Marcial de Brito Neto, Mario Henrique Chaves Guedes, Jessica Teles Sousa Gomes, Paula Pitta de Resende Côrtes, Marco Aurélio dos Santos Silva


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017