Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Diagnostico diferencial de hiponatremia em paciente com pneumonia: relato de caso

Fundamentação/Introdução

Uma das causas de hiponatremia euvolêmica é a SIADH (Síndrome da Secreção Inapropriada do Hormônio Anti-diurético), que cursa com urina hiperosmolar e sódio urinário alto, sugerindo secreção ectópica. Entre as causas de SIADH encontra-se o carcinoma pulmonar de pequenas células (Oat Cell), tumor neuro-endócrino que apresenta rápido crescimento e metástases precoces. Além disso, é um tumor que apresenta boa resposta à quimioterapia. O principal sítio de metástase é o cérebro, portanto, o diagnóstico precoce é importante para diminuir a morbidade dos déficits neurológicos.

Objetivos

Abordar a importância de investigar a hiponatremia como possível síndrome paraneoplásica em paciente com diagnóstico de pneumonia.

Delineamento/Métodos

Descrição de caso clínico

Resultados

Paciente feminina, 73 anos, recebeu o diagnóstico de pneumonia por quatro vezes num período de três meses, tendo feito uso de amoxicilina-clavulanato, levofloxacino e ceftriaxone, sem melhora do quadro. Associado ao quadro pulmonar, paciente apresentava hiponatremia euvolêmica. Realizada tomografia de tórax com contraste que evidenciou atelectasia e derrame pleural. Admitida na Santa Casa para investigação, apresentava hiponatremia refratária à reposição com solução salina a 3%, sódio urinário elevado, sendo sugerido SIADH, e aventada a hipótese de neoplasia pulmonar do tipo oat-cell. Realizada restrição hídrica com boa resposta. Devido a forte suspeita de síndrome paraneoplásica, paciente foi submetida a toracocentese, cujo líquido pleural demonstrou tratar-se de exsudato, e posteriormente nova tomografia de tórax com contraste que evidenciou atelectasia de lobo inferior do pulmão esquerdo, por possível compressão brônquica. Solicitada então broncoscopia com biópsia sugestiva de oat cell. Realizada tomografia de crânio que evidenciou diversas metástases cerebrais.

Conclusões/Considerações finais

Diante de quadros sugestivos de pneumonia associados a hiponatremia é importante pensar em síndrome paraneóplasica precocemente, principalmente quando cursa com derrame pleural. No caso descrito, o fato de se tratar de paciente idosa e com passado de tabagismo, corroboram ainda mais a possibilidade de malignidade. Dessa forma aprofundar a investigação do derrame pleural e pesquisar SIADH é de crucial importância para realização do diagnóstico precoce, afim de diminuir a morbidade de um câncer tão agressivo.

Palavras Chaves

pneumonia, hiponatremia, câncer de pulmão, SIADH, síndrome paraneoplásica

Área

Clínica Médica

Instituições

Santa Casa de Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil

Autores

LUIZA TOLEDO SOARES, FERNANDA ALINE MOREIRA DE OLIVEIRA, RAQUEL HABIBE COSTA da Silva, FRANCEANE ESTHER MOREIRA DE OLIVEIRA, ANNE MURIEL CARNEIRO SOARES ANDRADE

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017