Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Hematoma espontâneo do músculo psoas cursando com neuropatia femoral na vigência de tratamento com Ácido acetilsalicílico (AAS): um relato de caso

Fundamentação/Introdução

Fundamentação/Introdução: O hematoma espontâneo do músculo psoas é uma complicação rara, usualmente unilateral, de pacientes com coagulopatias relacionadas à hemofilia ou ao uso de agentes anticoagulantes/antitrombóticos. Os hematomas localizados nessa região podem estar associados à sintomatologia compressiva do nervo femoral causando dor, perda de força muscular e parestesias no membro inferior acometido.

Objetivos

Objetivos: Relatar e discutir um caso de hematoma espontâneo do músculo psoas cursando com neuropatia femoral na vigência de tratamento com AAS.

Delineamento/Métodos

Delineamento/Métodos: Estudo observacional descritivo com revisão de prontuário e pesquisa bibliográfica nas bases de dados SciELO, MEDLINE, PubMed e LILACS.

Resultados

Resultados: Paciente M.V.S, sexo masculino, 54 anos, diabético e hipertenso sem controle medicamentoso, com demência e história pregressa de Acidente Vascular Encefálico (AVE) há 20 anos. Foi admitido no pronto atendimento por conta de quadro de anasarca, dispnéia e diminuição do débito urinário de evolução há cinco dias. Os exames laboratoriais de admissão não foram sugestivos de evento infeccioso e à radiografia de tórax apresentou índice cardiotorácico aumentado. Após internação, foi conduzido com terapêutica para Insuficiência Cardíaca (IC) agudizada com diuréticos, anti-hipertensivos e vasodilatadores; AAS para profilaxia secundária de eventos aterotrombóticos; E controle glicêmico com insulinoterapia. A despeito da melhora evidente do edema, o paciente evoluiu com dificuldade de deambulação e perda de força muscular em membro inferior esquerdo. A revisão laboratorial evidenciou uma queda de 5 pontos da hemoglobina durante o 12° e o 15° dia de internação hospitalar. Ademais, a Tomografia Computadorizada (TC) de abdome revelou imagem hiperdensa sem captação de contraste em psoas esquerdo sugestiva de hematoma. Posterior à avaliação cirúrgica, optou-se pelo manejo conservador com descontinuidade do AAS e TC de controle para seguimento clínico.

Conclusões/Considerações finais

Conclusões/Considerações finais: O hematoma espontâneo de psoas é uma entidade clínica que necessita ser mais bem estudada. Até então, existem poucos relatos sobre a associação entre o hematoma espontâneo do psoas e o uso de AAS. Igualmente, há controvérsias quanto ao tratamento cirúrgico ou conservador quando o mesmo cursa com neuropatia compressiva do nervo femoral. É valido, ainda, lembrar que alguns desses hematomas são potencialmente fatais, sendo essencial seu reconhecimento precoce.

Palavras Chaves

Hematoma espontâneo do músculo psoas ; Neuropatia femoral ; AAS.

Área

Clínica Médica

Autores

EVILÁSIO FÉLIX BIÉ FILHO, CAMILA BILLIA FLORA, MINA NURANI BIÉ

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017