Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A IMPORTÂNCIA DA INTERAÇÃO MULTIPROFISSIONAL NO TRATAMENTO DA FIBROMIALGIA: UM ESTUDO DE CASO

Fundamentação/Introdução

A fibromialgia, síndrome clínica de etiologia desconhecida, caracteriza-se por dor musculoesquelética difusa e à palpação em áreas circunscritas, acometendo predominantemente mulheres. Frequentemente, há fadiga generalizada, distúrbios do sono, rigidez matinal, sensação de edema e parestesias. A associação com outras síndromes funcionais, como a depressão, é uma constante, afetando negativamente a qualidade de vida do indivíduo.

Objetivos

Analisar a importância de uma visão multidisciplinar e global no tratamento da síndrome fibromiálgica e a associação de tratamentos para a melhora do paciente.

Delineamento/Métodos

Foi realizada uma avaliação com a paciente, incluindo dados pessoais, anamnese, exame físico e alguns Critérios Diagnósticos segundo o Colégio Americano de Reumatologia.

Resultados

Paciente A.C.M, sexo feminino, nutricionista, diagnosticada com fibromialgia há cinco anos, sendo a dor crônica sua queixa principal. Relata estresse diário domiciliar, fadiga em atividades cotidianas e insônia. Durante os primeiros 3 anos, utilizou analgésicos para o alívio dos sintomas, sem obter resposta satisfatória. Só obteve melhora clínica importante ao realizar intervenção multidisciplinar com reumatologista, psicólogo e fisioterapeuta, o que ocorreu recentemente, em 5 de abril de 2017. Começou utilizando duloxetina, em que esboçou melhora parcial do humor e insônia após 30 dias do seu início; porém ainda persistia a dor difusa, muitas vezes associada ao estresse emocional. A mesma foi encaminhada para o psicólogo, realizando-se psicoterapia cognitivo-comportamental 2 vezes por semana, e para sessões de fisioterapia, realizando-se liberação miofascial com inibição de pontos dolorosos 3 vezes por semana. Desde 5 de julho a paciente realiza caminhadas diárias e retomou suas atividades laborativas. Através dessa interação de especialidades conseguiu-se o controle da doença e a remissão parcial dos sintomas em sua maioria. Encontra-se ainda em tratamento multiprofissional para melhora clínica mais efetiva.

Conclusões/Considerações finais

Os aspectos psicoemocionais estão diretamente ligados ao quadro álgico, sendo importante a interação entre os profissionais de saúde no intuito de amenizar o sofrimento dos pacientes e restabelecer sua funcionalidade e equilíbrio emocional. Para isso, é preciso estudar mais essa síndrome ainda hoje negligenciada e pouco conhecida, para só então poder ter uma visão global acerca do doente. Só assim, conseguir-se-á um tratamento resolutivo, restabelecendo a sua capacidade física, funcional e emocional.

Palavras Chaves

Área

Clínica Médica

Instituições

Autores

Mariza Freire de Souza Soares, Ana Beatriz Silva , Larissa Oliveira Borba, Kettelin Aparecida Arbos , Fernanda Freire Medeiros


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017