Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

DISFUNÇÃO VENTRICULAR TRANSITÓRIA - CARDIOMIOPATIA DE TAKOTSUBO, UM RELATO DE CASO

Fundamentação/Introdução

A Cardiomiopatia de Takotsubo, também conhecida como síndrome do coração partido, é uma disfunção sistólica ventricular esquerda transitória, em resposta a estresse físico ou emocional. Descrita em 1990, no Japão, a síndrome foi assim denominada uma vez que o ventrículo esquerdo (VE) adquire a forma de uma armadilha utilizada para capturar polvos. Sua apresentação clínica pode simular a síndrome coronariana aguda, sendo necessário estudo angiográfico para diagnóstico diferencial entre ambas.

Objetivos

Apresentar, através de relato de caso clínico, importante diagnóstico diferencial de infarto agudo do miocárdio (IAM).

Delineamento/Métodos

Exposição de caso clínico após atendimento da paciente e revisão de prontuário eletrônico, com assinatura de termo de consentimento livre e esclarecido, e pesquisa literária na base de dados Pubmed e periódico New England Journal of Medicine, sem limitação de período temporal.

Resultados

M.A.R.L., sexo feminino, 60 anos, branca, procedente de Campo Limpo Paulista-SP, portadora de hipertensão arterial sistêmica há 20 anos, asma, e fibromialgia. Procurou atendimento médico na cidade de origem devido dor precordial de forte intensidade, iniciada ao repouso, em aperto, com irradiação para membro superior esquerdo, dorso e região cervical, associada a náuseas e dispneia. Em atendimento inicial, evidenciado alterações de repolarização ventricular em eletrocardiograma, e positivação de marcadores de necrose miocárdica. Realizada dose de ataque de Ácido acetilsalicilico e Clopidogrel, e transferência ao nosso serviço.
Internada com hipótese diagnóstica de IAM sem supradesnivelamento de ST, e realizada cineangiocoronariografia miocárdica, a qual evidenciou ausência de coronariopatia obstrutiva, acinesia de segmento antero-apical, ínfero-apical, e ápice de VE, sendo tais alterações compatíveis com a Síndrome de Takotsubo. Afastada hipótese de IAM, paciente permaneceu hemodinamicamente estável durante internação, recebendo alta após cinco dias para seguimento clínico ambulatorial, em uso de sintomáticos e anti-hipertensivos.

Conclusões/Considerações finais

Tendo em vista a grande prevalência da síndrome coronariana aguda, a Síndrome de Takotsubo tem grande relevância clínica, uma vez que mimetiza IAM e suas repercussões.

Palavras Chaves

Cardiomiopatia de Takotsubo; síndrome coronariana aguda; disfunção ventricular

Área

Clínica Médica

Instituições

Faculdade de Medicina de Jundiai - Sao Paulo - Brasil

Autores

Mariana Fernandes Amorim, Debora Andrade Alves Lima, Bruna Pereira Rocha, Diego Quiles Antoniassi, Jose Celso Giordan Cavalcanti Sarinho

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017