Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Apresentações “Atípicas” da Glomerulonefrite Difusa Aguda: Relato de 3 casos

Fundamentação/Introdução

A Glomerunefrite Difusa Aguda (GNDA) apresenta-se classicamente com síndrome nefrítica, em crianças e adolescentes, de evolução autolimitada. Contudo nos últimos anos, a GNDA vem mudando suas características.

Objetivos

Relatar casos de GNDA, comprovados por biópsias, em que a mesma manifestou de forma diferente da apresentação clássica.

Delineamento/Métodos

Relato de casos.

Resultados

CASO 01: masculino, 52 anos. Há 1 mês anasarca e hipertensão arterial. Nega infecções prévias, Creatinina (Cr) 3 mg/dl, hematúria e proteinúria. Complemento consumido. Biópsia renal (Bx): 20/35 glomérulos com crescentes celulares, hipercelularidade endocapilar por proliferação de células e infiltração de neutrófilos. Imunofluorescência (IF): C3 positivo acentuado granular em mesângio e alças capilares, aspecto de "humps". Pulsado com metilprednisolona, corticoterapia por 3 meses, recuperando função renal. CASO 2: feminina, 48 anos. Hipertensa, renal crônica prévia. Admitida com síndrome urêmica (Cr=11) e urina proliferativa. Complemento normal. Infecção do trato urinário associada. Bx: 25 glomérulos, 12 globalmente esclerosados, 9 com crescentes celulares/fibrocelulares; hipercelularidade endocapilar por proliferação de células e infiltrado neutrofílico. Na IF C3 positivo granular grosseiro, subepitelial nas alças capilares, ("humps"). Pulsada com corticoide, todavia não recuperou função renal, permanecendo em hemodiálise. CASO 03: masculino, 43 anos. Cirrótico (álcool e vírus B). Há 2 meses, urina 1 e função renal normais. Quadro de anasarca e oligúria; Cr=12, urina 1 proliferativa. Complemento consumido. Bx: 2/10 glomérulos com proliferação extra capilar, crescentes celulares. Glomérulos com hipercelularidade endocapilar por proliferação e infiltração de neutrófilos. Na IF, C3 positivo mesangial e granular grosseiro em todos os glomérulos, podendo corresponder aos “humps”. Concomitante, presença de IgA forte e global, mesangial e subepitelial em alças, possível GNDA com dominância de IgA. Pulsado com corticoide, contudo não houve resposta.

Conclusões/Considerações finais

Esses casos ilustram o novo paradigma da GNDA: maior idade, infecções muitas vezes indefinidas, apresentações como rapidamente progressiva e codominância de depósitos de IgA.

Palavras Chaves

GNDA, Glomerulopatias, síndrome nefrítica

Área

Clínica Médica

Autores

Fabiano Bichuette Custodio , Giovana de Andrade Resende, Vanessa Rodrigues Cardoso, Mariana Salomão Braga, Marlene Antonia dos Reis

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017