Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

HIDROTÓRAX HEPÁTICO SEM ASCITE COMO PRIMOMANIFESTAÇÃO DE HEPATOPATIA CRÔNICA: RELATO DE CASO

Fundamentação/Introdução

O hidrotórax hepático é definido como um derrame pleural transudativo em pacientes com cirrose hepática sem doença cardiopulmonar subjacente. Sua fisiopatologia consiste na passagem de líquido do espaço peritoneal para o espaço pleural através de microporos no diafragma. Em cerca de 90% dos casos, ocorre no contexto de doença hepática descompensada, em associação com ascite e outros achados de hipertensão portal, sendo raro como apresentação inicial de hepatopatia crônica. Em geral, os pacientes com hidrotórax hepático apresentam outros estigmas de hepatopatia crônica com icterícia e anormalidade nas provas de função hepática.

Objetivos

Descrever um caso raro de hidrotórax hepático como primomanifestação de hepatopatia crônica, não associado a ascite.

Delineamento/Métodos

Mulher de 48 anos, não etilista, com dispneia progressiva há 1 mês. Não apresentava estigmas de hepatopatia crônica nem ascite, os murmúrios vesiculares estavam abolidos em hemitórax direito. O hemograma, função renal e enzimas cardíacas não apresentavam alterações, exceto por alargamento no tempo de protrombina (TAP). A radiografia simples de tórax confirmou derrame pleural em hemotórax direito, cuja toracocentese evidenciou transudato. O ecocardiograma bidimensional com doppler não mostrou alterações e a angiotomografia computadorizada de tórax descartou tromboembolismo ou lesões pulmonares. Nesse mesmo exame, foi descrito achado adicional de hepatopatia crônica, esplenomegalia e aumento do calibre de veia porta, sem ascite. A ultrassonografia de abdome total confirmou os achados e ausência de ascite. Exames complementares mostraram alteração de função hepática, com sorologias e auto-anticorpos negativos. O tratamento do hidrotórax hepático foi realizado com dieta hipossódica, diuréticos e toracocentese. Entretanto, a paciente apresentou hemorragia digestiva alta secundária a rotura de varizes de esôfago de grosso calibre que causou instabilidade hemodinâmica e óbito.

Resultados

-

Conclusões/Considerações finais

O hidrotórax hepático é um diagnóstico diferencial nos casos de derrame pleural do tipo transudato em pacientes cirróticos, porém não é achado comum na ausência de ascite.

Palavras Chaves

-

Área

Clínica Médica

Autores

ANTONIO JOSE DA MATA FILHO, KELLY REIS DUARTE SHIMABUKU, ANA HELENA PAVAN AMARAL, ANA CAMILA NOGUEIRA BORGES

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017