Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

COMPARAÇÃO DA INCIDÊNCIA DA LEPTOSPIROSE, NO PERÍODO DE 2012-2016 ENTRE O AMAPÁ, A REGIÃO NORTE E BRASIL

Fundamentação/Introdução

INTRODUÇÃO/FUNDAMENTAÇÃO: A leptospirose é uma bacteriose de distribuição ampla, causada por Leptospira interrogans. Pode manifestar-se desde formas assintomáticas até casos graves que podem levar a morte. A transmissão ocorre em áreas com problemas de infraestrutura sanitária (ausência de esgotos, acumulo de lixo a céu aberto e inundações nas margens de canais), sendo que estas variáveis aumentam a vulnerabilidade de pessoas com baixa renda per capita, pouca escolaridade e que moram em áreas de risco.

Objetivos

OBJETIVOS: Comparar a incidência de leptospirose no período de 2012-2016, entre o Amapá, a região Norte e Brasil.

Delineamento/Métodos

METODOLOGIA/DELINEAMENTO: Foi realizado levantamento de dados secundários através do portal eletrônico SAGE (Sala de Apoio à Gestão Estratégica Ministério da Saúde), selecionando-se as opções “Situação de Saúde”, “Indicadores de Morbidade”, “Leptospirose”.

Resultados

RESULTADOS: A Taxa (por mil nascidos vivos) de leptospirose no Amapá diminuiu entre os anos de 2012 (11,16) e 2013 (5,98), com aumento em 2014 (9,18), nova queda em 2015 (6,13) e aumento em 2016 (10,35). Observou-se na Região Norte aumento entre 2012 e 2014 (3,24 e 9,84 respectivamente), com queda em 2015 e 2016 (7,41 e 2,72 respectivamente). A média brasileira, segue o padrão observado na região Norte, com aumento entre 2012 e 2014 (1,68 e 2,27), seguido de queda das taxas nos anos seguintes, 2015 e 2016 (2,11 e 1,47, respectivamente).

Conclusões/Considerações finais

CONSIDERAÇÕES FINAIS: Os resultados no Amapá não acompanharam a tendência regional e nacional de evolução do agravo, além de demonstrar elevadas taxas de incidências anuais em comparação com demais estados da região e mesmo com perfil nacional para um mesmo ano. Tendo em vista outros estudos que demonstraram a associação entre variáveis ambientais, geográficas e baixas condições socioeconômicas são necessárias ações permanentes no enfrentamento dos fatores de risco predisponentes para a doença, atuando de forma preventiva nas áreas de maior suscetibilidade, melhorias no saneamento básico, tais como coleta adequada de resíduos sólidos, limpeza dos canais a céu aberto e bueiros existentes que evitariam inundações e alagamentos, além da conscientização sobre a prevenção da doença, ou seja, a execução de medidas viáveis voltadas para o acompanhamento e a mitigação deste agravo. Ressalta-se aqui a importância da vigilância constante do gestor no manejo destas medidas, visto que quaisquer descuidos nas medidas de prevenção impactam diretamente nas taxas de incidência.

Palavras Chaves

PALAVRAS CHAVES: Leptospirose, incidência, Amapá, Regiao Norte, Brasil.

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade Federal do Amapá - Amapa - Brasil

Autores

Rúbenns Tavares da Silva, Felipe Noujemi Gonçalves, Mariana Freitas da Silva, Luís Felipe Siqueira Arias, Maria Helena Mendonça de Araújo

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017