Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ENCEFALITE ASSOCIADA AO VÍRUS CHIKUNGUNYA:UM RELATO DE CASO

Fundamentação/Introdução

O vírus Chikungunya (CHIKV) é um Alphavirus da família Togaviridae,identificado pela primeira vez em 1953.É inoculado em humanos pela picada da fêmea de mosquitos do gênero Aedes.Após período de incubação (3 a 7 dias) a infecção cursa com síndrome febril autolimitada caracterizada clinicamente por cefaléia,mialgias,rash tipo maculopapular e artralgia.

Objetivos

Reforçar a importância do CHIKV como causador de doença infecciosa emergente e as suas manifestações no sistema nervoso central.

Delineamento/Métodos

Pesquisa em prontuário médico.

Resultados

MAM,64anos,masculino,previamente hígido,buscou auxílio médico com queixa de febre alta de início há 1 semana e duração de 3 dias,associada à poliartralgia,edema articular de mãos,punhos e tornozelos,exantema maculopapular difuso,rebaixamento do sensório e dificuldade de deambular.Internado em enfermaria,após 4 dias,transferido para unidade de terapia intensiva(UTI) por piora neurológica e retenção urinária.Admitido em UTI com Escala de Coma de Glasgow 10/15,agitação psicomotora,rigidez de nuca.Exames revelaram plaquetopenia,funções hepática e renal normais.Tomografia computadorizada de crânio e ressonância magnética de encéfalo sem alterações.Líquor revelou proteinorraquia elevada,com dissociação proteico-citológica compatível com encefalite.Sorologia para Dengue com 8 dias de sintomas e PCR Zika Vírus negativos.Sorologias após 3 semanas de sintomas mostraram IgM negativo/IgG positivo para Zika (sugerindo infecção prévia),IgM/IgG positivas para Chikungunya (sugerindo infecção aguda).Foi tratado em UTI com sintomático e ciprofloxacino para infecção do trato urinário associada à sonda vesical de demora.Evoluiu com melhora neurológica progressiva e alta da UTI 11 dias após internação,sem déficits neurológicos e cognitivos

Conclusões/Considerações finais

Estudos mostram que a incidência de encefalite pelo CHIKV tem relação direta com a ocorrência de surtos e apontam maior frequência de manifestações atípicas em extremos de idade,sobretudo em adultos entre 45-64 anos.O paciente teve diagnóstico de possível encefalite por CHIKV,de acordo com critérios do Consenso Internacional de Encefalite.Apesar de geralmente evoluir de forma benigna,manifestações atípicas como mieloneuropatias,meningoencefalites e síndrome de Guillain-Barré vêm aumentando,bem como a necessidade de internação em UTI.Assim,a equipe médica deve ficar atenta para um pronto reconhecimento de complicações relacionadas à infecção pelo CHIKV.

Palavras Chaves

Encefalite.Chikungunya.

Área

Clínica Médica

Instituições

Hospital Nossa Senhora das Graças - Minas Gerais - Brasil, Universidade Federal de Juiz de Fora-Campus Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil

Autores

Carolina Ferraz Silva Veiga, Thais Paes Souza, Lorena Miranda Carvalho, Sabrina Stefany Silva Souza, Patrícia Ferraz Martins

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017