Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ANÁLISE DOS DADOS EPIDEMIOLÓGICOS DA TUBERCULOSE EM RELAÇÃO AOS ALTOS NÍVEIS DE ABANDONO DE TRATAMENTO NO ESTADO DO AMAPÁ.

Fundamentação/Introdução

INTRODUÇÃO/FUNDAMENTOS: A tuberculose é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis. Segundo a OMS estima-se que cerca de um terço da população mundial esteja infectado com o bacilo causador da doença e que em 2015 houve 10,4 milhões de novos casos em todo o mundo. No Brasil, a tuberculose continua sendo um problema de saúde pública. No estado do Amapá, apesar de ter uma taxa de incidência menor, faz-se importante um rastreio das taxas de abandono de tratamento, pois a possibilidade da cura da tuberculose depende principalmente da continuidade do tratamento.

Objetivos

OBJETIVOS: Analisar os dados epidemiológicos da tuberculose no Amapá referentes ao acompanhamento do tratamento dessa doença, no período de 2013 até 2015.

Delineamento/Métodos

DELINEAMENTO/MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal e analítico com uma abordagem quantitativa. Os dados compreendidos no período de 2013 a 2015 foram extraídos do portal eletrônico DATASUS (tabnet.datasus.gov.br) selecionando as opções “Epidemiológicas e Morbidade”, “Casos de Tuberculose”, “Tuberculose”.

Resultados

RESULTADOS: Em 2015, dentro de um total de 224 casos notificados, o exame de baciloscopia de segundo mês foi ignorado ou não realizado em 112 casos (50%), representando um aumento percentual de 1,5% em relação a 2013 e 2014, que tiveram um total de 208 e 206 casos notificados, respectivamente. O índice de baciloscopia de sexto mês ignorado ou não realizado foi de 153 casos (68,3%) em 2015, representando aumentos percentuais de 6% e 4% em relação a 2013 e 2014, respectivamente. No ano 2015, foi ignorada a situação de 83 casos (37%) ao final do tratamento, representando um aumento percentual de 35% em relação a 2014. Em 2013, nenhum caso foi ignorado na conclusão do tratamento.

Conclusões/Considerações finais

CONCLUSÃO/CONSIDERAÇÕES FINAIS: Constata-se que os altos índices de abandono do tratamento de tuberculose no Amapá estão relacionados a dificuldades na manutenção do acompanhamento dos pacientes, pois exames como as baciloscopias, que têm finalidade de avaliar a eficácia das drogas utilizadas durante o tratamento, são bastante negligenciadas. Dessa forma, acredita-se que a subnotificação está muito presente na realidade do estado e que é imprescindível aumentar a conscientização dos profissionais de saúde em relação às notificações e ao tratamento da tuberculose para que o paciente receba uma orientação melhor, a fim de melhorar a eficácia do acompanhamento.

Palavras Chaves

Palavras-chave: Tuberculose, Amapá, Epidemiologia.

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade Federal do Amapá - Amapa - Brasil

Autores

Rúbenns Tavares da Silva, Vanessa Moita Azevedo, Marcus Willian Braga Abreu, Mariana Freitas da Silva, Amanda Alves Fecury


Fechar

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017