Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CORREÇÃO CIRÚRGICA DE PSEUDOANEURISMA DE ARTÉRIA TEMPORAL ESQUERDA: RELATO DE CASO.

Fundamentação/Introdução

Pseudo-aneurismas ou falso aneurisma, é uma entidade clinica de afecção arterial rara que se caracteriza, morfologicamente, como dilatações fusiformes ou saculares, representando, provavelmente, uma forma de dissecção, com ruptura da artéria entre a camada média e adventícia da parede vascular ou resultante de fraqueza da própria adventícia com subsequente encapsulamento do hematoma para-vascular. Dentre as múltiplas causas de pseudo-aneurismas, o presente relato demonstra a ocorrência pós-traumatismo fechado envolvendo a artéria temporal superior esquerda, com desenvolvimento de pseudo-aneurisma a necessidade de correção cirúrgica.

Objetivos

Pseudo-aneurisma de artéria temporal superficial deve ser considerada no diagnóstico diferencial de massas da testa lateral e fossa temporal. Com isso o relato de caso trata-se de um estudo descritivo que tem em vista somar a comunidade acadêmica e cientifica com dados relevantes em se tratando dessa patologia pouco oferecida em âmbito virtual.

Delineamento/Métodos

Paciente 87 anos, trazida de Aquidauana, cidade interiorana, com historia de queda da própria altura há 14 dias referindo trauma em região temporal esquerda com surgimento de hematoma no local. Relata presença de hematoma sem melhora ou regressão - desde a queda, veio encaminhada para esse nosocômio com hipótese interrogada e com solicitação de realização de exame de imagem específico.

Resultados

As lesões habitualmente surgem tardiamente em relação ao traumatismo causador e se manifestam como uma massa dolorosa pulsátil na região temporal, crescente, associada a frêmito e sopro. Em contraste com o aneurisma verdadeiro, que apresenta todas as camadas anatômicas (íntima, média e adventícia) intactas, a parede do falso aneurisma é composta primariamente de tecido cicatricial. Enfatiza-se a importância dos métodos de imagem, em especial a angiotomografia, no diagnóstico de pseudo-aneurismas.

Conclusões/Considerações finais

As opções de tratamento em aneurismas e pseudoaneurismas são semelhantes e incluem a compressão repetida da lesão, guiada por ultrassom, métodos conservadores e excisão cirúrgica do aneurisma com ligadura ou obliteração endovascular. No entanto, o tratamento de escolha para esse caso foi a excisão do aneurisma e ligadura dos vasos aferente e eferente. O objetivo principal da cirurgia foi reduzir o risco de hemorragia em caso de trauma, aliviar a dor referida pelo paciente e melhorar os resultados estéticos.

Palavras Chaves

pseudoaneurisma, fístula arteriovenosa, traumatismo craniano, artéria temporal superficial.

Área

Clínica Médica

Autores

Igor Fogolin Martins Arruda, Lilia Kazumi Miyahira, Luis Henrique Torres de Carvlho, Maria Carolina Oliveira do Amaral, Murilo de Barros Baruki

Promoção

SBCM

Realização

SBCM MG
ABRAMURGEM

Patrocínio Ouro

UNIFENAS

Patrocínio Prata

Unimed - BH

Patrocínio Bronze

CUREM
SENIOR VILLAGE

Apoio

IPSEMG
TAKEDA

Agência de Turismo

Belvitur

Organização

Attitude Promo

Agência Web

Sistema de Gerenciamento desenvolvido por Inteligência Web

14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência de Emergência

MINASCENTRO - Belo Horizonte/MG | 04 a 06 de Outubro de 2017